Conversa entre Marco Aurélio e Michel Bastos define: meia fica no São Paulo
13/09/2016 16:44 em Esporte

Conversa entre Marco Aurélio e Michel Bastos define: meia fica no São Paulo

"Fiquei convencido de suas razões e do seu desejo de ajudar. O momento é de integrar, não dividir. O Ricardo Gomes ganha uma opção importante", diz dirigente

Michel Bastos fica no São Paulo. Após conversa entre o diretor-executivo Marco Aurélio Cunha e o jogador nesta terça-feira, no CT da Barra Funda, a permanência do atleta foi definida. Nos bastidores, dirigentes consideravam o "fico" improvável e acreditavam que só a conversa do dirigente poderia reverter o quadro, justamente o que ocorreu nessa reunião.

– Fiquei convencido de suas razões e do seu desejo de ajudar. O momento é de integrar, não dividir. O Ricardo Gomes ganha uma opção importante para a reação do time – afirmou Marco Aurélio Cunha.

Fora da lista de relacionados para os duelos com Palmeiras (derrota por 2 a 1) e Figueirense (vitória por 3 a 1), Michel Bastos treinou na última segunda-feira com os reservas. Agora, ele fica à disposição de Ricardo Gomes para o duelo com o Cruzeiro, quinta-feira, no Morumbi.

MAIS: Buffarini apoia Michel Bastos e vê San Lorenzo como exemplo ao São Paulo

No domingo, o treinador disse que o meia não vivia boa fase mentalmente. Depois do Choque-Rei da última quarta-feira, Pintado afirmou que o atleta estava abaixo física e tecnicamente.

De acordo com dirigentes do Tricolor, Michel Bastos chegou a pedir para sair, principalmente por conta da invasão ao CT do dia 27 de agosto, quando foi agredido por torcedores. Mesmo assim, o clube não abriria mão do atleta de 33 anos e esperava uma solução com uma compensação, seja financeira ou troca, caso houvesse desligamento. O Tricolor estudava se seria positivo economizar os salários do atleta, com contrato válido até dezembro de 2017.

O último jogo de Michel Bastos pelo São Paulo foi no dia 28 de agosto, no empate sem gols com o Coritiba, dia seguinte à invasão ao CT da Barra Funda. Ele soma cinco gols (quarto artilheiro de 2016) e seis assistências na temporada, líder no quesito ao lado de Bruno e Kelvin.

Crédito: Globo Esporte

COMENTÁRIOS